Skip to main content

FA-I

Corta-chamas à prova de deflagração para tubulação construção concêntrica, de efeito bilateral

  • capacidade de vazão ideal
  • séries diferentes possibilitam a perda de pressão escalonável mediante a superfície dos FLAMEFILTER®
  • perda de pressão mínima e, com isso, baixos custos de operação e do ciclo de vida
  • possibilidade de bocais de limpeza integrados para líquidos ou vapor
  • a estrutura modular permite a troca individual dos FLAMEFILTER®
  • modo de operação bilateral, bem como sentido de fluxo arbitrário, dependendo da seleção de equipamento
  • oferece proteção em caso de deflagrações para os grupos de explosão IIA a IIB3
  • área de aplicação ampliada para temperaturas e pressões de trabalho mais elevadas
  • disponível em diâmetros nominais grandes
  • peças de reposição econômicas

Função e descrição

Durante o desenvolvimento do corta-chamas à prova de deflagração para tubulação do tipo PROTEGO® FA-I, se deu especial atenção à otimização das características mecânicas do fluxo. Com tamanho nominal constante, se pode selecionar o dispositivo que oferece a capacidade de vazão mais eficiente, mediante a seleção do tamanho dos FLAMEFILTER®. Durante a montagem do dispositivo se deve observar que a distância entre a potencial fonte de ignição e o local de instalação do corta-chamas à prova de deflagração para tubulação, a chamada proporção L/D máxima (L/D)máx. (comprimento da tubulação/diâmetro da tubulação), não ultrapasse um valor dependente do tamanho do equipamento (veja a tabela 4).

O corta-chamas à prova de deflagração para tubulação é estruturado de forma simétrica e oferece proteção bidirecional contra a propagação de chamas. O dispositivo é essencialmente composto de duas metades do corpo (1) e do conjunto abafador de chamas PROTEGO® (2) no centro. Vários FLAMEFILTER® (3) e espaçadores caracterizam o conjunto abafador de chamas PROTEGO®. O número e o espaçamento dos FLAMEFILTER® são adaptados dependendo das condições de uso do dispositivo.

Indicando os parâmetros operacionais, como a temperatura, a pressão e o grupo de explosão ou a composição da substância, se pode selecionar o ideal corta-chamas à prova de deflagração para tubulação. Os corta-chamas do tipo PROTEGO® FA-I estão disponíveis para todos os grupos de explosão IIA até IIB3.

A versão padrão pode ser usada até uma temperatura de trabalho de +60°C e uma pressão de trabalho de 1,1 bar absoluta. Divergindo disso, estão disponíveis, sob solicitação, dispositivos com homologações especiais para pressões mais elevadas (veja a tabela 3) e temperaturas mais elevadas.

Teste de protótipo segundo a diretriz ATEX e EN ISO 16852, assim como outras normas internacionais.

Tabela de dimensões

Para selecionar a série e a combinação entre diâmetros nominais (DN) e tamanhos nominais (NG), use os diagramas de vazão da páginas seguintes.

Standard
NG150 / 6“150 / 6“200 / 8“300 / 12“400 / 16“500 / 20“600 / 24“800 / 32“1000 / 40“1200 / 48“1400 / 56“1600 / 64“
DN≤50 / 2"80 / 3"≤100 / 4"≤150 / 6"≤200 / 8"≤250 / 10"≤300 / 12"≤400 / 16"≤500 / 20"≤600 / 24"≤800 / 32"≤800 / 32"
a2852853404455656707809751175140516301830
Expl. Gr.
IIA b*3643644525846386888009001000110013501450
IIB3 b*3643644645966507008009001000110013501450
c5005005205706206708009001000110013501450
Dimensões em mm *A medida b somente se aplica a P1,2 (IIA) e P1,1 (IIB3).

Seleção do material do corpo

Execução ABC
Corpo aço aço inoxidávelHastelloy
VedaçãoPTFEPTFEPTFE
Conjunto abafador de chamasA, BCD
O corpo também pode ser fornecido em aço, com revestimento em ECTFE. Materiais especiais sob solicitação

Combinações de material do conjunto abafador de chamas

Execução ACD
Armação do FLAMEFILTER® aço aço inoxidávelHastelloy
FLAMEFILTER®* aço inoxidável aço inoxidávelHastelloy
Espaçadores aço inoxidável aço inoxidávelHastelloy
* os FLAMEFILTER® também podem ser fornecidos em tântalo, Inconel, cobre, etc. em caso de utilização dos materiais do corpo ou da armação listados. Materiais especiais sob solicitação.

Seleção do grupo de explosão

MESG Gr. expl. (IEC / CEN) Grupo gás (NEC)
> 0,90 mmIIAD
≥ 0,65 mmIIB3C
Aprovações especiais sob solicitação

Seleção da pressão máx. de trabalho

Expl. Gr.DN50 / 1"80 / 3"100 / 4"150 / 6"200 / 8"250 / 10"300 / 12"400 / 16"500 / 20"600 / 24"800 / 32"800 / 32"
NG150 / 6''150 / 6''
200 / 8''300 / 12''400 / 16''500 / 20''600 / 24''800 / 32''1000 / 40''1200 / 48''1400 / 56"1600 / 64''
IIAPmax1,81,81,51,51,51,51,51,41,31,31,21,1
IIB3Pmax1,21,21,21,21,21,21,21,21,21,11,11,1
Pmáx. = pressão de trabalho máxima admissível em bar absoluta, pressão de trabalho mais elevada sob solicitação

Proporção L/D máxima

padrão NG 150 / 6" 150 / 6"200 / 8''300 / 12"400  / 16"500  / 20"600  / 24"800 / 32"1000 / 40''1200 / 48''1400 / 56''1600 / 64''
DN ≤50 / 2" 80 / 3" ≤100  / 4" ≤150 / 6" ≤200 / 8" ≤250 / 10" ≤300 / 12" ≤400 / 16" ≤500 / 20" ≤600 / 24" ≤800 / 32" ≤800 / 32"
IIA(L / D)máx505050505050505050505050
IIAPmáx1,21,21,21,21,21,21,21,21,31,31,21,1
IIAIdentificação-----------
IIB3(L / D)máx505040403535353030302525
IIB3Pmáx1,11,11,11,11,11,11,11,11,11,11,11,1
IIB3Identificação--X6X6X7X7X7X8X8X8X9X9

Indicação da temperatura máx. de trabalho

≤ 60°C / 140°F Ttemperatura máxima de trabalho admissível em °C
-Designation
temperaturas de trabalho mais elevadas, sob solicitação

Tipo de conexão flangeada

EN 1092-1; Form B1
ASME B16.5 CL 150 R.F.
Outras conexões sob solicitação

Versão e especificação

Estão disponíveis três versões:

Corta-chamas à prova de deflagração para tubulação em versão básica

FA-I - –

Corta-chamas à prova de deflagração para tubulação com sensor de temperatura* integrado como proteção adicional contra combustão de curta duração de um lado

FA-I - T

Corta-chamas à prova de deflagração para tubulação com dois sensores de temperatura* integrados para proteção adicional contra combustão de curta duração de ambos os lados

FA-I - TB

Outros dispositivos especiais sob solicitação
*Termoresistência para grupo de equipamentos II, categoria (1) 2 (cat. GII (1) 2)

Diagrama de vazão

Este diagrama de vazão foi determinado em uma bancada de medição de vazão calibrada e certificada pela TÜV. A vazão V em m³/h se refere ao estado técnico padrão de ar, conforme ISO 6358 (20°C, 1bar). Para conversão em outras densidades e temperaturas, veja o cap. 1: Bases técnicas.