Skip to main content

Comitês normativos

Norma internacional para corta-chamas – ISO 16852

Em 1° de janeiro de 2011, a EN 12784 foi substituida pela EN 16852 como norma harmonizada sob a diretriz 94/9/EG. A norma ISO 16852 foi assumida como norma européia EN ISO 16852:2010 „Flame arresters - Performance requirements, test methods and limits for use“. Assim sendo, ela substitui a EN 12874 com o mesmo titulo. A substituição não resulta de razões técnicas de segurança, mas sim da ampliação da abrangência de validade da norma para além da Europa. Corta-chamas, que correspondem a EN 12874, portanto, continuam a atender o requisito básico de segurança e saúde da diretriz 94/9/EG.
Atualmente já se trabalha numa revisão da norma; especialmente no teste de válvulas de alta velocidade, uma atualização tornou-se necessária.

Normas para o alívio de pressão e vácuo de tanques de armazenagem – ISO 28300 e API 2000

A norma internacional ISO 28300 e a norma API 2000 na 6ª edição, têm conteúdos idênticos e definem os requisitos para o alívio de pressão e vácuo normal bem como de emergência em tanques de superfície para o armazenamento de petróleo líquido ou derivados líquidos de petróleo bem como em tanques de superfície e subterrâneos com refrigeração, que são projetados para a operação de vácuo completo até 1,034 barg (15 psig). Nesta norma com o título „Petroleum, petrochemical and natural gas industries - Venting of atmospheric and low-pressure storage tanks “ são tratadas as causas de pressão e vácuo, a definição dos requisitos de alívio de pressão e vácuo bem como a seleção e a instalação de dispositivos de alívio de pressão e vácuo e a verificação e a marcação de dispositivos de alívio. Esta norma está prevista para tanques que contêm petróleo ou derivados de petróleo, porém, é também aplicável para tanques com outros líquidos.

Comitê normativo Princípios da técnica de segurança (NASG)

Como comitê abrangente o NASG realiza trabalhos normativos tendo em vista a verificação e aplicação de dispositivos de proteção contra explosão (exceto corta-chamas). A diretriz 94/9/EG é válida para aparelhos e sistemas de proteção destinados ao uso em áreas sujeitas à explosão (diretriz ATEX). Aqui são definidos requisitos básicos de segurança e saúde, que devem ser obedecidos pelo fabricante de tais aparelhos e sistemas. O NASG participa ativamente na elaboração de normas, que concretizam os requisitos básicos em detalhes. A normatização abrange sistemas de suprimento de explosão ou sistemas de proteção para o alívio de pressão e muito mais.

A equipe PROTEGO® está ativa nestes comitês normativos:

Alemanha

NA 095-02-01 AAExplosionsschutzeinrichtungen (außer Flammendurchschlagsicherungen)
NA 104-02-05 AA    Flammendurchschlagsicherungen und Tanklüftungseinrichtungen
NA 132-02-06 AASchiffsarmaturen
NA 104-01-07 AATanks aus metallenen Werkstoffen

Inglaterra

BSI - EXL/023Explosion Protection & Fire Precautions in Industrial & Chemical Plant
BSI - EXL/023/01Flame Arresters – Chair of Flame Arrester Panel

Europa

CEN TC 305 WG 6Flame Arresters
CEN TC 265 WG 9Metallic tanks for the storage of liquids 

EUA

APIAPI Committee on pressure relieving systems
NFPANFPA Technical Committee on Explosion Protection Systems

China

SAC TC208 WG9Fire and Explosion Protection
GB/T20801.6 – 2006Pressure piping code – Industrial piping – Part 6, Safeguarding
Standard Handbook for industrial valvesVolume 6: Breather Valves
Sinopec Safety Guideline for Tank Farm VOCs Collection and Treatment
Safety Standard for Vapor Collection of Tank Farm of Petro- and Chemical industry
Sinopec Safety Guideline for Tank Farm VOCs Collection and Treatment

International

ISO TC 21 WG3Flame Arresters
ISO TC 8  SC3Ships and marine technology
ISO TC 67 SC6 WG12Pressure-relieving and depressuring systems
IEC SC 31 M AHG 3Protective Systems