Skip to main content
Aplicações de tanques criogénicos PROTEGO®

Aplicações de tanques criogénicos PROTEGO®

Válvulas piloto-operadas, Válvulas de vácuo, In-tank valves

Cenário de pressão

Décadas de experiência na produção de válvulas de alívio de pressão/vácuo piloto-operadas, os nossos conhecimentos especializados em projetos informaticamente otimizados e as nossas vastas instalações de ensaio formam a base para o desenvolvimento das válvulas de respiro mais potentes.
O armazenamento de gases liquefeitos criogénicos impõe requisitos especiais aos dispositivos de ventilação necessários para o equipamento de tanques. Estas válvulas são projetadas de acordo com as normas aplicáveis e o ponto de operação dos vários produtos no processo. As válvulas de alívio de pressão e vácuo piloto-operadas – se necessário, usadas em combinação com discos de válvula separados – asseguram que não são excedidas as pressões de funcionamento máximas admissíveis do tanque.

Cenário de vácuo

As válvulas de alívio de pressão e vácuo piloto-operadas alcançam a estanqueidade máxima até à pressão de ajuste. Pilotos acionados por mola ou íman são os componentes de comutação fiáveis da válvula principal.
Estão opcionalmente disponíveis dispositivos antirretorno, ligações de teste e equipamento de ensaio para inspeções funcionais no local de instalação.
A utilização de válvulas seletoras de circuito permite a operação de válvulas no AND/OR mode e a realização de manutenção no ponto de utilização.

Válvulas de segurança e in-tank valves

Cenário de falha da tubagem exterior

As chamadas in-tank valves (válvula de fecho operada por atuador com função "fechamento de falha") são usadas principalmente em tanques criogénicos nos quais a parede do tanque ou o fundo são penetrados pelo tubo de descarga. Em caso de anomalia, as in-tank valves são usadas como válvulas de fecho, para minimizar a propagação dos perigos devido a derrames de produto.


Filtro de produtos
11 Results

Quer saber mais sobre aplicações para tanques de armazenamento criogénico?

Ler mais